++ 31 06 154 38 185
a@eyesonbrasil.com

Aviação sustentável: Novo instituto em centro universitário

News

Aviação sustentável: Novo instituto em centro universitário

Sustainable Aviation University of Waterloo Canada

Por: Maycol Vargas Fonte: Skiesmag

Amsterdã, 21 de junho de 2021 — Universidade pública de Waterloo abre novo instituto focado em enfrentar os desafios que ameaçam a sustentabilidade do setor da aviação e aeroespacial.

Com o objetivo de enfrentar os desafios sociais, ambientais e econômicos da área, o Waterloo Institute for Sustainable Aeronautics (WISA) foi oficialmente aprovado em 21 de junho de 2021 pelo Senado da universidade.

Esse novo departamento terá como representante a Dra. Suzanne Kearns, que é professora associada de aviação na Universidade, atuando no departamento de meio ambiente. O WISA servirá servirá como ponte para a indústria, que conseguirá acessar a extensa rede de conhecimento da Universidade.

Universidade de Waterloo – Canadá – Imagem: @UWaterloo

Sobre a Universidade

A Universidade de Waterloo é uma universidade pública de pesquisa com campus principal em Waterloo, Ontário, Canadá. A universidade opera três campi satélites e quatro faculdades afiliadas, oferecendo programas acadêmicos administrados por seis faculdades e treze escolas com base no corpo docente. Waterloo opera o maior programa de educação cooperativa pós-secundária do mundo, com mais de 20.000 alunos de graduação matriculados no programa cooperativo da universidade.

Aviação

Estabelecido em 2007, o programa de aviação da Universidade de Waterloo cresceu e se tornou o maior de seu tipo no Canadá. O programa conta com a parceria do Waterloo Wellington Flight Centre (WWFC) na Região do Aeroporto Internacional de Waterloo.

A Dra. Kearns, que é uma grande defensora do programa de aviação da Universidade, tem se envolvido extensivamente nos programas de graduação. Em 2020, cerca de 125 alunos foram admitidos. Hoje, Waterloo conta com cerca de 300 alunos estudando ativamente.

Quando a epidemia de COVID-19 começou, por volta de março de 2020, a Dra. Kearns observou muitos de seus ex-alunos ficarem sem trabalho e os operadores lutarem para sobreviver.

A Dra. Kearns disse em entrevista ao Skies:

Eu defendia o apoio aos jovens e à escassez de pilotos, mas a pandemia mudou a narrativa do que nossa indústria está enfrentando. Passei cerca de um mês pensando em como apoiar a indústria. Percebi que sou uma pessoa da aviação inserida em uma universidade. Então, comecei a pensar em como poderia mobilizar a pesquisa da universidade para apoiar o setor. Do meu ponto de vista, a aviação não era sustentável antes da pandemia. Estávamos enfrentando escassez de mão de obra, crescentes desafios ambientais e a crescente integração de tecnologias como drones e inteligência artificial (IA). Acho que na aviação estávamos lutando para descobrir como essas coisas poderiam ser integradas à nossa indústria.”

Segundo a professora, o cenário atual de crise na indústria é o momento perfeito para inovar para um futuro de sucesso. A visão do Waterloo Institute for Sustainable Aeronautics se concretizou em sua mente, ao perceber que os temas pessoas, meio ambiente e tecnologia estão alinhados aos três pilares de qualquer indústria sustentável: social, ambiental e econômico.

Dra. Suzanne Kearns

Construindo uma Base

Os últimos 18 meses foram de muito trabalho para a Doutora, que reuniu-se com centenas de pessoas em busca de apoio, sendo muito bem recebida em outros setores da Universidade como Meio Ambiente, Ciências, Engenharia, Saúde e Artes. Ao todo, foram mais de 30 pessoas interessadas em trabalhar com os alunos, desde o desenvolvimento da força de trabalho e aeronaves elétricas de treinamento até Machine Learning e Inteligência artificial.

Com a aprovação oficial do WISA, a Universidade servirá como ponte da escola para todas as coisas relacionadas aos setores de aviação e aeroespacial, sendo uma parte da universidade sem fins lucrativos.

O instituto, que não possui fins lucrativos, financiará seus custos de pesquisa e alunos de graduação por meio de subsídios e receitas de parcerias com a indústria, com algumas dessas parcerias já bem estabelecidas.

Imagem: Shutterstock

Financeiro

Sobre o modelo financeiro do Waterloo Institute for Sustainable Aeronautics (WISA), a Dra. Kearns comentou: “Se eu fosse um operador ou fabricante com um desafio, poderia vir ao instituto para trabalhar com professores para responder a essa pergunta. Se os parceiros quiserem trabalhar com o instituto, existem níveis de patrocínio. Temos financiamento inicial para os primeiros anos, mas depois disso, cabe ao instituto mostrar que está agregando valor à indústria ”

Alsim AL250 – Simulador de Voo

O WISA, em meados de junho, adquiriu um simulador de voo avançado, o Alsim AL250. O simulador vem equipado com um pacote de engenharia, que permitirá aos pesquisadores universitários coletar dados precisos de uma variedade de estudos relacionados ao treinamento. Além disso, a universidade está trabalhando em um plano de marketing, um lançamento tranquilo é esperado até o fim do verão (hemisfério norte).

É possível fazer um pequeno tour no simulador pelo link:

https://www.alsim.com/cms/wp-content/themes/alsim/assets/alsim_vr/alsim_al250/index.html

Aviação Sustentável

A Dra. Kearns disse:

A sustentabilidade para a aviação tem a ver com o meio ambiente, mas é muito maior do que isso. Devemos atender às necessidades de hoje sem sacrificar as necessidades das gerações futuras. O ambientalismo estava muito distante da cultura da aviação quando eu estava chegando. Mas a realidade é que o aumento do uso de simuladores (Sims) e treinamento baseado em competências atinge todos os três níveis de sustentabilidade: social, ambiental e econômico. Você está treinando os alunos no que eles precisam, o que tende a ser mais barato para o aluno. Os Sims são movidos a eletricidade, então você reduz o ruído e as emissões de carbono, e eles tendem a ter um lucro maior para a escola. Juntos, iremos apresentar soluções criativas e vencedoras. A academia pode servir ao setor, essa é a mensagem que estou tentando transmitir. Nunca houve um momento melhor para mobilizar a academia servindo ao setor e apoiando uma recuperação forte.”

Maycol M. Vargas é Eng. Aeronáutico com Doutorado em Engenharia e Tecnologia Espaciais e correspondente da eyesonbrasil.

LET’S KEEP IN TOUCH!

We’d love to keep you updated with our latest news and offers 😎

We don’t spam! Read our privacy policy for more info.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *