++ 31 06 154 38 185
a@eyesonbrasil.com

O primeiro voo do Boeing 737 MAX 10

News

O primeiro voo do Boeing 737 MAX 10

Boeing 737 MAX 10 Inauguration Flight

Por: Maycol Vargas Fonte: Simple Flying

Amsterdã, 19 junho de 2021 – O avião Boeing 737 MAX 10 faz seu primeiro voo no dia 18 de junho de 2021.

O voo inaugural do Boeing 737 MAX aconteceu no aeroporto municipal de Renton (RMT – Renton Municipal Airport) e de uma maneira bastante diferente, se compararmos com voos inaugurais de outros jatos.

Atualmente, a Boeing luta contra os efeitos da pandemia, além de encarar a má reputação inicial de sua aeronave, devido aos acidentes envolvendo o MAX 737, já citados em matéria anterior da Eyesonbrasil. Apesar de todos os problemas, essa é uma boa notícia para Boeing e também para as companhias aéreas que estão na espera do novo MAX 10.

Imagem: Boeing

O Primeiro Voo

O Boeing 737 MAX 10 decolou do aeroporto de Renton em Seattle as 10:07 AM, horário local. A aeronave voou sob o indicativo “BOE101” que é um código padrão para voos de teste da Boeing. As horas subsequentes à decolagem da aeronave foram justamente a realização de testes, fornecendo aos engenheiros e funcionários da Boeing os primeiros dados sobre o desempenho real do avião em voo.

O avião da Boeing, estava programado para chegar ao Aeroporto Internacional de Grant County (MWH – Grant County International Airport ) as 12:35 PM. O Aeroporto Internacional de Grant County, mais conhecido como Moses Lake, foi o local em que os 737 MAX ficaram retidos, enquanto as investigações sobre os acidentes estavam em andamento.

O 737 MAX 10 decolou as 10:07 AM e aterrisou as 12:48 PM. Imagem: https://www.radarbox.com/data/flights/BOE101

No futuro, o 737 poderá voar por alguns caminhos diferentes e mais longos à medida que a Boeing se aproxima de receber a certificação final, necessária para que a aeronave comercial possa entrar em serviço.

A rodada de testes e procedimentos da aeronave é executada em voo, sendo um passo crucial e que precisa ser concluído antes de o avião ser totalmente certificado. A Boeing já possui experiência com os 737 MAX, tendo passado pelo processo inicial de certificação há alguns anos, e depois por um processo de recertificação muito rigoroso após os acidentes. É possível afirmar que a história do 737 MAX estará sempre ligada aos acidentes e a proibição dos aviões de voarem. No entanto, a Boeing está seguindo em frente com o MAX 10.

Segundo dados do site ch-aviation, a aeronave que está sendo utilizada para os testes deverá ser vendida para a realização de transporte de passageiros. É esperado que a aeronave vá para a United Airlines, que é uma grande consumidora dos 737 MAX. O fato de uma aeronave de testes ser utilizada por uma companhia aérea não é nada incomum.

Boeing 737 MAX 10. Imagem: Airbus

Sobre a Aeronave

O 737 MAX 10 atraiu grande interesse comercial, pois com ele a Boeing passou a oferecer uma variante maior dos 737 MAX, o que possibilita uma maior capacidade de transporte para as companhias aéreas. A aeronave foi lançada no ano de 2017 no Paris Air Show.

A aeronave possui capacidade máxima para 230 assentos e autonomia de voo de 6110 km. O avião da Boeing é um concorrente direto do Airbus A321neo e uma extensão natural da família dos 737. Além disso, segundo a Boeing, o jato oferecerá custos de viagem 5% mais baixos do que os de seus concorrentes.

O avião também reflete a tentativa da Airbus em diminuir o impacto ambiental dos voos comerciais. A aeronave apresenta uma redução de 14% nas emissões de carbono na atmosfera, redução de 14% no consumo de combustível e uma diminuição de 40% na geração de ruido (poluição sonora). As comparações foram feitas considerando os outros aviões 737.

Especificações técnicas dos 737 MAX. Imagem: Airbus

Embora o 737 MAX 10 seja competição direta para o Airbus A321neo, considerando a capacidade da aeronave para rotas de curta e média distância, o avião não tem a capacidade de realizar voos de longa distância, como os que o Airbus A321LR e A321XLR podem fazer. Considerando a autonomia de voo da aeronave, como sendo de aproximadamente 3.300 milhas náuticas, é possível ver o que isso representa em um mapa:

Alcance do 737 MAX 10 partindo da cidade de Nova Iorque. Imagem: Simple Flying

Como mencionado anteriormente e explicitado no mapa acima, o alcance do 737 MAX 10 o torna ideal para a execução de voos de curta e média distância. O jato pode facilmente fazer voos intercontinentais, levando passageiros aos mais requisitados destinos de férias, como por exemplo: Cancún e Punta Cana. É importante ressaltar que o alcance final da aeronave dependerá do número assentos ou de possíveis restrições de carga útil que a companhia aérea coloque na aeronave.

Maycol M. Vargas é Eng. Aeronáutico com Doutorado em Engenharia e Tecnologia Espaciais e correspondente da eyesonbrasil.

LET’S KEEP IN TOUCH!

We’d love to keep you updated with our latest news and offers 😎

We don’t spam! Read our privacy policy for more info.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.